Dólar alto deve afetar produção e investimentos, diz economista

Enviado por / 23/09/2015 / Categoria: Notícias / 0 Comentários

Depois da crise política e fiscal, a principal preocupação do investidor estrangeiro em relação ao Brasil é a situação das empresas diante da forte desvalorização cambial e da piora no crédito.

Essa é a percepção do economista Marco Maciel, que assumiu no início deste mês a posição de economista sênior da Bloomberg Intelligence para o Brasil. A forma como o dólar acima de R$ 4 vai impactar o dia a dia das companhias também é uma das reflexões do especialista.

Segundo ele, a maior preocupação não é com o impacto do efeito da alta do dólar sobre a dívida em moeda estrangeira das companhias, o que é inevitável. “

Na crise de 2008, até por causa da alavancagem das empresas em derivativos, a demanda por dólar das empresas era da ordem de US$ 70 bilhões a US$ 80 bilhões. Hoje, dá pra dizer com certa tranquilidade que a demanda é menos da metade disso. Desse ponto de vista, eu me preocupo menos.”

Para ele, a alta do câmbio deve afetar mais as decisões das empresas em relação à produção, no curto prazo, e de investimentos no longo prazo. “O custo financeiro vai subir”, afirma.

Fonte: Folha de São Paulo

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *